fbpx

Incentivo de um HermetistaPosted by on


Já faziam algumas horas que eu olhava para essa folha em branco do Word sem saber sobre o que escrever quando, de repente, uma postagem no grupo do meu canal me chamou a atenção.

Não é sobre o texto em si que eu quero falar, mas sim sobre uma sensação, ou questionamento para ser mais preciso, que ele me levantou. Quando percebi, fazia já mais de 10 minutos que olhava para a tela pensando em que fazer e, desta vez, venho fazer um pedido, acho, de ajuda para casos como esse:

O que fazer quando alguém faz algo bom, mal feito?

Bom, vou precisar explicar:

Imagina que você tem um amigo que você goste muito e esse amigo tem o sonho dourado de ser músico. Só que ele é muito ruim no que faz.

Eu sou da opinião que tudo pode ser aprendido e se você desprender tempo suficiente, qualquer um pode se tornar um Estas Tone. Entretanto, imagine que seu amigo é ruim, mas começou, todo empolgado, a gravar um vídeo clipe de sua primeira música e você acha aquilo horrível. Quer dizer, não é uma questão de opinião; a voz dele machuca aos ouvidos, os acordes estão desafinados, não sei: a coisa está simplesmente ruim.

Ele está empolgado e vem te contar essa novidade como um amigo faz (eu acho) a outro amigo.

Que posição tomar neste momento?

Eu confesso que não sou bom com pessoas, sempre falei isso e o traquejo social nunca me foi muito simples. Eu seria brutalmente sincero, até porque se ele é meu amigo, então eu me sinto na obrigação de ajudá-lo e quem já me conhece a mais de cinco minutos sabe que eu sou assim: falo o que acho que tem que ser dito.

Esse amigo que postou o texto, entretanto, discorre sobre uma situação similar e condena todos aqueles que, porventura, maldizem a situação. Ou seja: ele constrói um texto meio que condenando aquelas pessoas que põe defeitos nas coisas que outras pessoas fazem.

Claro que, de certa forma, entendo a mensagem do rapaz; na internet, por exemplo, existem pessoas que odeiam por odiar, que não gostam por não gostar e fazem isso com uma espécie de gosto pela maldade, sabem? Aqui está, então, o que me levou a escrever este texto:

O texto deste rapaz está ruim. Tipo, MUITO ruim. Ele não é brasileiro e eu não consigo, por isso, julgar a respeito de gramática e tudo o mais, entretanto, o texto não têm dinâmica, não tem argumento, não tem conclusão, o começo já é o meio e no meio, parece que volta ao início.

Agora… é um texto condenando quem traça críticas de modo geral, o que eu precisaria fazer, em minha perspectiva, para ajudar o rapaz a escrever melhor. O texto, entretanto, fala exatamente que não devemos fazer isso.

Então, de repente, outra questão entrou em minha mente: que tipo de pessoa estaria criando sem a crítica?

Eu sempre costumo dizer que o mundo não é um lugar legal, que nós não viemos a passeio para esse planeta e que a sociedade não vai te perdoar, seu chefe não vai te perdoar. A bem da verdade, ninguém vai passar a mão na sua cabeça e te dar uma segunda chance.

Se esse meu amigo pretendente a músico é, então, uma pessoa que não consegue aguentar críticas e seguir em frente, ou melhor ainda, não é alguém que consiga transformar a crítica em um trampolim para conseguir ser um melhor músico, que tipo de músico ele será? Como será quando ele colocar a cara para fora e receber todo o chorume que a sociedade consegue fazer?

Também não farei mal a ele, não criticando?

Mais: A falta de crítica não vai fazer com que ele se engane sobre seu próprio trabalho e não consiga ver a realidade dos fatos?

Como vocês lidam com isso?

Bom, eu escrevi este texto todo aqui e ainda não sei se devo acionar o rapaz que escreveu o relato que me fez criar este texto e dizer: mano… tá ruim.

Mas se eu não fizer isso, estarei enganando o rapaz com relação ao que ele fez e o privando de fazer melhor. Ou o estarei resguardando e impulsionando para que ele faça outros e, com isso aprenda?

Estou confuso.

Que bom que sou Hermetista e posso estar.

 

 

Inscreva-se para receber as novidades!

* obrigatório

Sobre esse assunto, você pode se aprofundar lendo:

Saiba mais sobre isso assistindo os vídeos abaixo:

hermetismo e...

Causa e Efeitocoronacorona virushermetismoiniciadolei do gênerolei do mentalismolei do penduloleis herméticasmundo magicoprofanorelacionamentovirus

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
ninodenaniPaula Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Paula
Visitante

O problema sobre aceitar críticas ou não, é que nunca dá para ter certeza se a pessoa que tá te falando simplesmente realmente não achou bom, se ela não entende e fala qualquer coisa para dar uma opinião, ou ainda se ela odeia por odiar. e tem mais uma também que é aquela pessoa que tem uma invejinha básica de você ter conseguido fazer o que ela não fez. Claro que conhecendo as pessoas e sabendo de quem vem, a gente tem uma leve impressão de que consegue distinguir os tipos de pessoas. Mas por exemplo quando vem de um… Read more »

× Como posso te ajudar?